Marcio é Shima

Marcio Shima

O Shima, como é mais conhecido, é uma dessas pessoas com uma grande dose de uma inquietude quieta… com define o Tony de Marco:

Uma expressão de serena inquietude, silenciosa ebulição, que confunde sismógrafos e críticos.

Deixo o texto retirado da Galeria Deco falar por si só.

Crítica aos rituais do cotidiano move performances de Marcio Shimabukuro Artista se apresenta pela primeira vez em uma galeria de arte

O artista plástico nikkei Marcio Shimabukuro (aka Shima) realiza sua primeira individual no próximo dia 03 de junho, a partir das 19h, na Galeria Deco, em São Paulo. Composta de 10 performances, algumas inéditas, 10 desenhos e 1 instalação, Shimabukuro revela sua crítica aos pequenos procedimentos do cotidiano contemporâneo, além de investigar os rituais xintoístas japoneses.

Durante apenas seis dias, o artista traz suas ‘ilhas’ – como denomina suas performances – e o seu mundo ao redor delas, os ‘habitats’. Na abertura, apresenta ‘Guarda-Roupa’ e ‘Labor Adicto I‘, onde argumenta sobre as convenções sociais através da dupla kimono – terno e, na sequência. um homem que venera seu passado representado em um auto retrato, acendendo incensos e riscando o chão com giz, numa clara referência aos rituais xinoístas japoneses.

No segundo dia, será apresentado ‘Labor Adicto II‘, onde o esteta dá sequência a série, mas agora através de imagens fotocopiadas, sendo interagidas com etiquetas, fitas adesivas, desenhos, representando a multiplicidade do eu nos dias atuais. Esta performance já foi apresentada anteriormente em Buenos Aires (Argentina), Frankfurt (Alemanha), Curitiba (Paraná) e em Goiânia (Goiás).

Na quinta-feira, acontece ‘Labor Adicto III’, performance inédita, onde Shima interage com seu passado através de um desenho de seu auto-retrato, realizado no momento da performance, numa referência à auto-memória preenchendo plenamente o espaço expositivo com fumaça de incenso.

Na sexta-feira, ele realiza a inédita ‘Colapso’, onde fica sentado, vendado e amarrado a uma cadeira por sete horas seguidas, exemplificando a falta de mobilidade do homem na atualidade.

No final de semana, serão apresentadas: sábado – ‘Zona de Conforto’, ‘Adaptação’ e ‘Limite’ e no domingo, ‘Eu Não Sou Yoko Ono’ e ‘Guarda-Roupa Reverso’. Como se numa sequênica evolutiva, o artista desenvolve sua história pessoal no espaço expositivo, sempre deixando rastros de sua ações durante a semana, fazendo com que a galeria seja um dos personagens de suas transformações radicais.

Graduado em Desenho Industrial pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo,em 2001, Shima, que completa 30 anos em 2008, realizou residência no European Ceramic Workcentre em Hertogenbosch, em Den Bosch, na Holanda, em 2007, durante três meses, onde participou de três coletivas, duas delas com outras três artistas plásticos brasileiros no Stedelijk Museum.

A Galeria Deco funciona de segunda a domingo, das 10 às 18h

Para quem estiver (ou for) a Sampa:

1º Piso – ‘Ilhas & Outros Habitats’, individual de Marcio Shimabukuro.
Quando: 04 a 08.06.08 – Quarta, quinta e sexta, das 10 às 20h Sábado e domingo, das 10 às 18h.
Galeria Deco: Rua dos franceses, 153 – Bela Vista-SP – Fone: (11) 3289.7067 | 3251.3564.

SDS esclarece fatos durante jogo Náutico x Botafogo

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, diante dos fatos ocorridos ontem durante a partida entre o Clube Náutico Capibaribe e o Botafogo Futebol e Regatas, envolvendo o atleta André Luís e o presidente Bebeto de Freitas, da agremiação carioca, que resultou na detenção dos dois, esclarece a bem da verdade o seguinte:

  1. Pernambuco é o primeiro e único Estado do Brasil que possui em seus estádios de futebol um Juizado Especial do Torcedor, formado por representantes do Ministério Público e da Justiça Estadual, que visa prevenir e julgar qualquer tipo de infração à lei, particularmente ao estatuto do torcedor, com foco na reabilitação do infrator;
  2. Ressalte-se, ainda, que a responsabilidade de requisitar o policiamento no interior dos estádios é da Confederação Brasileira de Futebol, que indica delegados para todas as partidas oficiais.
  3. O dispositivo de segurança utilizado no jogo Náutico x Botafogo foi o usualmente requisitado pela Federação Pernambucana de Futebol e pela CBF, sendo consensual que o número de policiais e os equipamentos utilizados correspondiam ao estritamente necessário à manutenção da ordem e garantia do espetáculo.
  4. Em nossos estádios não acontecem confronto de torcidas organizadas e o índice de violência é praticamente zero, devido às ações das Polícias Militar e Civil, não sendo registradas agressões aos atletas, dirigentes ou quaisquer integrantes das delegações visitantes, como ocorrem em outros Estados;
  5. Os lamentáveis acontecimentos do último domingo, cujas imagens foram veiculadas com grande intensidade pelas emissoras de televisão, foram causados unicamente pelo jogador André Luís, que, desde o início do jogo demonstrava comportamento estranho, em flagrante desequilíbrio emocional, ora discutindo com seus próprios companheiros de equipe, ora com os adversários através de sucessivos empurrões e faltas desleais, culminando com sua expulsão. Retirando-se para o banco de reservas do Botafogo (local proibido para quem é alijado da partida) e conseqüente agressão ao torcedor Luís Gonzaga, após chutar uma garrafa de água que o atingiu, afora atacar a torcida com gestos obscenos;
  6. Faz parte, inclusive, do protocolo de ação do policiamento interno retirar de campo jogadores ou quaisquer outros personagens, cujo comportamento esteja em desacordo com o regulamento das competições e as regras do jogo. O policiamento no estádio somente se dirigiu ao jogador André Luís após o atleta ter chutado uma garrafa cheia em direção as sociais do Clube Náutico Capibaribe, ferindo um dos torcedores, e ter feito gestos obscenos em direção à torcida, em clara infração ao Estatuto do Torcedor.
  7. Ao ser convidado a dirigir-se para o vestiário, o atleta André Luís atacou com palavras e empurrões a Tenente Lúcia Helena, momento que recebeu voz de prisão. Em razão da reação violenta do jogador, a polícia foi obrigada a agir com o rigor que esse tipo de situação requer;
  8. Decidida a conduzi-lo ao Juizado Especial do Torcedor, a policial foi impedida, por seguranças da equipe do Rio de Janeiro, de ter acesso ao vestiário botafoguense, situação que tornou necessário a condução do atleta, sob escolta, pelo portão do estádio até onde se encontravam as autoridades judiciais;
  9. Pelas suas ações, que tiveram, infelizmente, respaldo do presidente do Botafogo, Sr. Bebeto de Freitas, que também descontrolado agredia policiais e dirigentes do Náutico, ambos foram indiciados por desacato e comportamento inconveniente pelo delegado da Polícia Civil, João Gaspar;
  10. Informamos, ainda, que o jogador fez acordo no âmbito do Juizado Especial do Torcedor, comprometendo-se a fazer doação de 25 salários mínimos ao Hospital do Câncer de Pernambuco, livrando-se de qualquer pena pelas ações praticadas. Por outro lado, o presidente Bebeto de Freitas não aceitou a proposta de pagar 10 salários, ficando o caso para ser analisado pelo Ministério Público e pelo Judiciário;
  11. Finalizando, a SDS/PE informa que a ação da Polícia Militar foi correta e fez uso da energia necessária para dominar o atleta e o presidente do Botafogo, únicos responsáveis pelas ocorrências criminosas.

Fonte: Secretaria de Defesa Social – Pernambuco.

Sketchbooks


Ken Lee – Bulgarian Idol

® MATHEUS é BARBOSA

2001!
Primeira aula no curso de Desenho Industrial em Campina Grande. Uma Professora, Helena Guedes, absolutamente a melhor professora que tive, discreta e seria discorre sobre um tal caderno de folhas brancas que mais parece mágico…. foi assim que aprendi sobre estes tais cadernos de esboços, sketches, diários gráficos, escolha o nome que preferir, prefiro como ela me ensinou: S-K-E-T-C-H-B-O-O-K-S!!! Alguns links para serem apreciados:

1. Renato Alarcão
2. Yomar Augusto
3. Stefano Faravelli
4. Craft Monkeys
5. Fernanda Fonseca
6. laura Serra
7. letrerias
8. Mary Bogdan
9. Amanda kavanagh
10. The 3 Robbers

Onde comprar:

Zoopress
Moleskines