Não é uma X-Wing?

O amigo Bruno Nogueira fez um post em seu blog hoje, falando sobre a nave que aparece no vídeo recém publicado pelo J.J. Abrams, diretor do episódio VII de Star Wars. Bruno afirma/insiste/teima que é uma X-Wing, mas não é. 🙂

X-wing schematics

X-wing

Uma X-Wing é caracterizada, além das asas móveis que assumem a forma de um X (e que lhe garantem este nome) pelos seus 4 motores e seus 4 canhões laser…

Vejam a nave que aparece no vídeo do J.J. Abrams:

Aparentemente, ela é uma versão modificada de um outro modelo de caça do mesmo universo ficcional:

Z95t

A versão modificada, Z95t-HeadHunter (com Hyperdrive), do mais antigo Z95-Headhunter.

A primeira vez que eu vi um Z95 Headhunter (que inclusive serve de base para a própria X-Wing, junto com o ARC-170 StarFighter) foi enquanto jogava X-Wing: Space Combat Simulator, em 1994. Bons tempos…

Abaixo, a versão original do Z95 Headhunter.

Z95-headhunter

Nos comentários feitos no vídeo, lá no YouTube, também estava rolando a mesma discussão: “Não é uma X-Wing, parece mais um Z95 Headhunter“.

Outras pessoas questionaram diretamente no perfil do twitter da franquia, e a resposta foi assim:

Independente disto, todos sabemos que Han Shot First e que no Z95-Headhunter, não há espaço para um Astromech droid, como o R2-D2. Compatível com o que vemos no vídeo… 😉

Z-95Headhunter

😉 Retcon não é algo bonito de se ver, até schwarzenegger já sabe.

Update:

E aparentemente deram acharam explicação pra uma X-Wing com um layout tão diferente. O que teremos nos novos filmes uma nova versão (T-70) da antiga X-Wing (a antiga, era a T-65B).

star-wars-7-x-wing-fighter-resistence-model
star-wars-7-x-wing-fighter-resistence-model

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *