Marcio é Shima

Marcio Shima

O Shima, como é mais conhecido, é uma dessas pessoas com uma grande dose de uma inquietude quieta… com define o Tony de Marco:

Uma expressão de serena inquietude, silenciosa ebulição, que confunde sismógrafos e críticos.

Deixo o texto retirado da Galeria Deco falar por si só.

Crítica aos rituais do cotidiano move performances de Marcio Shimabukuro Artista se apresenta pela primeira vez em uma galeria de arte

O artista plástico nikkei Marcio Shimabukuro (aka Shima) realiza sua primeira individual no próximo dia 03 de junho, a partir das 19h, na Galeria Deco, em São Paulo. Composta de 10 performances, algumas inéditas, 10 desenhos e 1 instalação, Shimabukuro revela sua crítica aos pequenos procedimentos do cotidiano contemporâneo, além de investigar os rituais xintoístas japoneses.

Durante apenas seis dias, o artista traz suas ‘ilhas’ – como denomina suas performances – e o seu mundo ao redor delas, os ‘habitats’. Na abertura, apresenta ‘Guarda-Roupa’ e ‘Labor Adicto I‘, onde argumenta sobre as convenções sociais através da dupla kimono – terno e, na sequência. um homem que venera seu passado representado em um auto retrato, acendendo incensos e riscando o chão com giz, numa clara referência aos rituais xinoístas japoneses.

No segundo dia, será apresentado ‘Labor Adicto II‘, onde o esteta dá sequência a série, mas agora através de imagens fotocopiadas, sendo interagidas com etiquetas, fitas adesivas, desenhos, representando a multiplicidade do eu nos dias atuais. Esta performance já foi apresentada anteriormente em Buenos Aires (Argentina), Frankfurt (Alemanha), Curitiba (Paraná) e em Goiânia (Goiás).

Na quinta-feira, acontece ‘Labor Adicto III’, performance inédita, onde Shima interage com seu passado através de um desenho de seu auto-retrato, realizado no momento da performance, numa referência à auto-memória preenchendo plenamente o espaço expositivo com fumaça de incenso.

Na sexta-feira, ele realiza a inédita ‘Colapso’, onde fica sentado, vendado e amarrado a uma cadeira por sete horas seguidas, exemplificando a falta de mobilidade do homem na atualidade.

No final de semana, serão apresentadas: sábado – ‘Zona de Conforto’, ‘Adaptação’ e ‘Limite’ e no domingo, ‘Eu Não Sou Yoko Ono’ e ‘Guarda-Roupa Reverso’. Como se numa sequênica evolutiva, o artista desenvolve sua história pessoal no espaço expositivo, sempre deixando rastros de sua ações durante a semana, fazendo com que a galeria seja um dos personagens de suas transformações radicais.

Graduado em Desenho Industrial pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo,em 2001, Shima, que completa 30 anos em 2008, realizou residência no European Ceramic Workcentre em Hertogenbosch, em Den Bosch, na Holanda, em 2007, durante três meses, onde participou de três coletivas, duas delas com outras três artistas plásticos brasileiros no Stedelijk Museum.

A Galeria Deco funciona de segunda a domingo, das 10 às 18h

Para quem estiver (ou for) a Sampa:

1º Piso – ‘Ilhas & Outros Habitats’, individual de Marcio Shimabukuro.
Quando: 04 a 08.06.08 – Quarta, quinta e sexta, das 10 às 20h Sábado e domingo, das 10 às 18h.
Galeria Deco: Rua dos franceses, 153 – Bela Vista-SP – Fone: (11) 3289.7067 | 3251.3564.

Sketchbooks


Ken Lee – Bulgarian Idol

® MATHEUS é BARBOSA

2001!
Primeira aula no curso de Desenho Industrial em Campina Grande. Uma Professora, Helena Guedes, absolutamente a melhor professora que tive, discreta e seria discorre sobre um tal caderno de folhas brancas que mais parece mágico…. foi assim que aprendi sobre estes tais cadernos de esboços, sketches, diários gráficos, escolha o nome que preferir, prefiro como ela me ensinou: S-K-E-T-C-H-B-O-O-K-S!!! Alguns links para serem apreciados:

1. Renato Alarcão
2. Yomar Augusto
3. Stefano Faravelli
4. Craft Monkeys
5. Fernanda Fonseca
6. laura Serra
7. letrerias
8. Mary Bogdan
9. Amanda kavanagh
10. The 3 Robbers

Onde comprar:

Zoopress
Moleskines

Ducht Design I


Paralamas e Titãs – Diversão

Há alguns dias venho observando as referências do design holandês – ducht design. Irei postar uma série de escritórios, agências etc do “ducht design”.

Primeiramente, recomendo uma visita calma ao Design & Filatelia, blog do Fábio Lopez, que discursa, mascaradamente, sobre o design holandês a partir da coleção de selos particulares.

Não vou discorrer sobre os vários escritórios, irei apresentar os links e seus respectivos designers.

Eindspel / 't Barre Land / affiche/flyer

Herman van Bostelen, designer, trabalha em Utrecht, cidadezinha no centro dos Países Baixos. Sua maior produção são cartazes, sua veia principal: TI-PO-GRA-FIA!

http://www.tegelijkertijd.nl/
http://www.hermanvanbostelen.nl/
http://www.hermanvanbostelen.nl/oud/index_02.html